Blog Esalqueanos

Atletismo ESALQ contribuindo para o esporte universitário (Guará; F13/F17)

19/03/2018 - Por maurice fabian scaloppi
1598 views 0 Gostei 0 Não gostei

Guara.jpg

Tulão (5 ano Eng. Agronômica, atual CO do TAI pela ESALQ), Guará e Tornera (5 ano Eng. Florestal, ex-CO do TAI pela ESALQ). Todos ex- diretores do atletismo ESALQ. 

Neste último dia 11 de março, tive o prazer de competir em Campinas na primeira etapa do Campeonato Paulista Universitário de atletismo, organizado pela tradicional FUPE (Federação Universitária Paulista de Esportes) em parceria com a Comissão Organizadora do TAI (Torneio de Atletismo do Interior). A competição é sabiamente dividida em duas séries: a Diamante, composta por atletas universitários federados, ou seja, profissionais; e a Ouro, que agrega atletas universitários não-federados, ou seja, amadores. Isso permite uma disputa mais justa entre os competidores e oferece também a oportunidade de intercâmbio de experiências e realidades entre os universitários, que, apesar de serem todos amantes do esporte, dedicam suas vidas em diferentes intensidades ao atletismo. A competição reuniu centenas de atletas, desde olímpicos (Victor Hugo dos Santos) aos novos bixos, num excelente nível competitivo.  


O TAI

O atletismo universitário tem se mantido pela disposição e iniciativa dos próprios atletas de diversas equipes. Por ser um esporte pouco popular no Brasil, apesar do imenso potencial e de um histórico de grandes conquistas, os praticantes do atletismo universitário tem de se virar para organizar competições e por à prova seus árduos treinamentos.


Como as poucas competições no estado acontecem majoritariamente na capital e muitas equipes universitárias são de campi no interior, atletas das equipes da ESALQ, Medicina USP Ribeirão Preto, Medicina Unicamp e Medicina Rio Preto, tiveram a ideia de criar um torneio de atletismo universitário itinerante, que ocorresse em pistas localizadas no interior do estado. Isso facilitaria a participação das proeminentes equipes universitárias do interior e ofereceria a oportunidade de competir em locais diferentes, tirando a monotonia das competições da capital. E assim, no final de 2013, nasceu o TAI - Torneio de Atletismo do Interior, tendo a equipe da ESALQ como uma de suas fundadoras, e eu como seu representante nessa ocasião.


Criamos um nome, uma logomarca, elaboramos o regulamento, fizemos medalhas e troféus e contratamos uma equipe de arbitragem. A primeira edição foi realizada em março de 2014, na pista da USP de Ribeirão Preto, e foi uma ótima oportunidade para iniciar a temporada. A competição correu muito bem e tivemos a participação de atletas de diversos lugares, inclusive de Uberlândia, o que seria inviável se a competição fosse em São Paulo capital. Nos bastidores nem tudo foi espetáculo: as quatro equipes estavam dispostas a dividir os (improváveis) lucros e também os (quase certos) prejuízos da competição. Fazíamos contatos individuais com representantes de diversas equipes universitárias de atletismo pelo interior do estado para garantir a presença de um número razoável de atletas e deixar a competição atrativa.


Os anos seguintes foram desafiadores, ora com prejuízos, ora com as contas zeradas, e mesmo com dificuldades, o resultado sempre foi satisfatório. A equipe da ESALQ teve representantes que continuaram trabalhando com muito afinco para dar continuidade ao torneio. Até que, em 2017, a Federação reconheceu o esforço, a competência e a organização das quatro equipes no torneio e propôs uma parceria de sucesso, que foi renovada neste ano.


Foi uma imensa satisfação poder presenciar os resultados de um trabalho iniciado há quase 5 anos por alguns amigos de diferentes faculdades, que, sem garantia de sucesso, mas com muito entusiasmo, batalharam em prol do esporte no país. A experiência de trabalhar voluntariamente pelo esporte sempre trouxe grandes aprendizados e amizades.


Aos amigos idealizadores e executores da competição:


Geraldo Gonçalves (Jet - Med USP Ribeirão)

Fábio Vilas Boas (Farofa - Med USP Ribeirão)

Larissa Furlan (Med Rio Preto)

Natália Galvão (Med Unicamp)


Maurice Fabian Scaloppi (Guará) - F13/F17

Economista/Eng. Agrônomo ESALQ/USP

Pós-Graduação em Zootecnia UNESP/Botucatu

Membro AAALQ 2009/2016

Ex-morador RPD Lesma Lerda


PUBLICIDADE
APOIADORES